Espaço de José Longo

Espaço de José Longo

Textos sobre:


Outras Secções:


Textos recentes


Raridade...

Quando trabalhamos em TI, por vezes somos surpreendidos pelas mais diversas razões, umas boas e outras menos boas. Hoje foi um desses dias...

Hoje fui chamado a ajudar um cliente com um problema de "software" que não estava a trabalhar e não conseguia contactar com quem fazia o suporte ao mesmo. Até aqui, nada de novo, é o que faço diariamente.

Ligo-me remotamente ao cliente, sem saber qual era o software apenas para tentar perceber se podia ajudar na resolução do problema. Peço ao mesmo para me demonstrar qual o problema, o que o mesmo tenta fazer e acontece o esperado: o suposto programa nem abre, aparece uma janela momentânea, e puff, desaparece... Investigando o atalho, o mesmo apontava para um ficheiro com extensão ".mdb" que corresponde á extensão usada pelo Microsoft Access ( abreviatura para Microsoft DataBase) no passado, pois actualmente a extensão habitualmente utilizada pelo Access recente é ".accdb" de "Access DataBase". Tentando descobrir qual era o "Access" em utilização, é aí que tenho a surpresa! Estavam a usar o Microsoft Access 2.0 num programa de utilização diária e que lhes era imprescindível !!!

 É obra! Mas o importante é que funcionava e fazia o que o cliente pretendia pois foi actualizado ao longo do tempo com as funcionalidades pretendidas. Só para perceberem do que estou a falar, abaixo as características necessárias para correr este software extraído da Wikipédia neste artigo e que diz o seguinte:

 "...1994: Microsoft specified the minimum hardware requirements for Access v2.0 as: Microsoft Windows v3.1 with 4 MB of RAM required, 6 MB RAM recommended; 8 MB of available hard disk space required, 14 MB hard disk space recommended. The product shipped on seven 1.44 MB diskettes. The manual shows a 1994 copyright date. ..."

E não, não usavam um computador de 1994 como poderiam pensar... Era um computador normal com Windows 7...

O problema era uma corrupção da base de dados que foi corrigida e penso que esteja tudo a correr dentro da normalidade.

É caso para dizer: "E esta heim!!!"

Até uma próxima...